fbpx

Álcool gel nas axilas contra mau cheiro: funciona? É perigoso?

Para algumas pessoas, um bom banho basta para tirar todo o mau cheiro das axilas depois de um cansativo e calorento.

No entanto, para quem sofre com a bromidrose, essa tarefa não é tão simples assim.

Isso porque o odor desagradável nas axilas e em outras partes do corpo é forte, intenso e persistente.

Por conta disso, infelizmente, não é anormal inúmeros produtos não funcionarem e, assim, quem tem essa condição recorrer a outras alternativas.

Porém, é preciso ficar atento, pois, dependendo de quais sejam as opções, o prejuízo pode ser ainda maior.

Uma dessas alternativas, conhecida por muitas pessoas, é o uso do álcool em gel.

Mas será que, de fato, esse produto pode acabar com o mau cheiro das axilas?

Cirurgia para bromidrose: como é? Vale a pena?

O que é bromidrose?

Nós, seres humanos, temos dois tipos de glândulas sudoríparas: as écrinas e as apócrinas.

Apesar das duas serem responsáveis por produzir suor, ambas desempenham funções diferentes.

Ativas desde o nascimento, as glândulas sudoríparas écrinas estão espalhadas por toda a superfície corporal, porém concentram-se mais na região das mãos e nas plantas dos pés.

Estas, por sua vez, são responsáveis por liberar as secreções na superfície da pele.

Dessa maneira, o suor que é excretado é composto por água e sais minerais. Assim, ele é inodoro, isto é, não exala cheiro.

Já as glândulas sudoríparas apócrinas são diferentes.

Ativas a partir da puberdade, elas são maiores, menos frequentes e se concentram nas axilas, nas áreas genital e anal e ao redor das aréolas mamárias.

No caso das apócrinas, além do suor, substância salina composto por água e sais minerais, restos celulares também são excretados por elas.

Quando estes se misturam com bactérias e fungos, resulta-se em mau cheiro.

Tratamento para bromidrose

Infelizmente, não há uma fórmula mágica que seja o tratamento para bromidrose para todos os casos.

Isso porque o que pode funcionar para uma pessoa, pode não funcionar para outra.

Entretanto, existem algumas medidas que podem amenizar ou até mesmo acabar com o mau cheiro nas axilas e em outras regiões.

Algumas são:

  • Uso de desodorante antitranspirante
  • Utilização de roupas mais folgadas e com tecidos mais leves
  • Fazer uso de sabonetes antissépticos
  • Pomadas antibióticas com prescrição do médico
  • Melhorar alimentação
  • Ter hábitos saudáveis, ou seja, evitar o consumo de bebidas alcóolicas e o cigarro
  • Em casos mais graves, cirurgias (simpatectomia e adenectomia) podem ser cogitadas

Embora não seja uma condição grave, a bromidrose afeta diretamente a autoestima da pessoa que sofre com ela.

Isso piora ainda mais quando produtos que deveriam fazer efeito não atingem os resultados esperados.

Por isso, muitas pessoas que têm bromidrose recorrem a produtos alternativos.

No entanto, por mais que por um tempo amenize o mau cheiro, o odor desagradável pode retornar ainda mais forte.

Além disso, determinadas alternativas podem causar prejuízos ainda maiores, pois podem fazer mal à saúde.

Álcool em gel

Antitranspirante ou botox nas axilas? O que é melhor para mau cheiro?

Popularizado ainda mais desde que a pandemia de coronavírus começou, o álcool em gel é composto por carbopol (age como espessante), álcool etílico, trietanolamina e água.

Em razão de sua fórmula, o álcool em gel tem propriedade antisséptica e é muito utilizado para a higienização das mãos.

É uma boa passar álcool em gel nas axilas?

Como vimos anteriormente, a principal causa do mau cheiro nas axilas e em outras partes do corpo, como nas áreas genitais, é a presença de bactérias.

Portanto, o melhor tratamento para bromidrose é controlar o aparecimento desses micro-organismos.

Justamente pelo álcool em gel ter efeito antisséptico, ou seja, eliminar bactérias, muitas pessoas tendem a passar esse produto nas regiões que estão com o odor desagradável e forte que é bem característico da bromidrose.

No entanto, embora possa ajudar na questão do mau cheiro, pelo menos por um tempo, o álcool em gel não é indicado para ser usado nas axilas, principalmente se você depila os pelos das axilas.

Essa substância na região axilar, por exemplo, pode gerar ressecamento e, claro, causar alergias.

Dessa maneira, o mau cheiro pode causar ainda mais prejuízos à sua saúde física, mental e emocional.

Além do que o álcool em gel pode piorar ainda mais o quadro de bromidrose.

Por isso, não utilize álcool gel nas axilas bem como nas regiões genital e anal.

Apesar de ser difícil encontrar o produto que amenizará o mau cheiro, não desista.

Existe outras formas para acabar com o odor desagradável das axilas.

Como tirar mau cheiro das axilas?

Há maneiras de amenizar e, dependendo da intensidade do odor, acabar com o mau cheiro das axilas. Para saber mais, leia:

  • Antitranspirante ou botox nas axilas? O que é melhor para mau cheiro?
  • 5 desodorantes para peles sensíveis
  • Cirurgia para bromidrose: como é? Vale a pena?
  • Adenectomia para bromidrose: o que é? Qual o valor?
  • Má alimentação pode causar mau cheiro? Qual é a relação?
  • Pelos nas axilas aumentam o odor? Depilação melhora?

5 desodorantes para peles sensíveis

E aí, gostou do nosso artigo?

Já usou álcool em gel nas axilas?

Conte sua experiência!

Alguma dúvida, crítica ou sugestão? Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *