fbpx

Chá de abacaxi contra mau cheiro (bromidrose)

O organismo humano é conhecido por aí por ser uma máquina perfeita.

Isso porque ele é formado por células que, por sua vez, formam tecidos, órgãos e complexos sistemas.

Todos estes são interdependentes e, por isso, funcionam em sincronia harmônica.

É comum que o nosso próprio corpo envie sinais, chamados de sintomas, quando há algo errado em determinada parte.

Em alguns casos, o organismo consegue, sozinho, fazer com que o funcionamento de fato se normalize.

Para que isso aconteça, é importante e essencial que a imunidade esteja fortalecida e regular.

Dessa maneira, é fundamental manter uma prática frequente de exercícios aliados à hidratação e, claro, com alimentação rica em frutas, legumes e verduras.

De fato, nem sempre conseguimos ter essas atitudes básicas para um melhor funcionamento do nosso corpo.

No entanto, é importante tentar, principalmente se você sofre com a bromidrose.

Com ela, infelizmente, muitos produtos não conseguem eliminar o mau cheiro característico.

Logo, as pessoas que têm essa condição recorrem a alternativas naturais, como chá de abacaxi.

Mas será que o chá de abacaxi é um chá para mau cheiro? Será que funciona contra bromidrose?

Quer saber mais sobre o assunto?

Bromidrose: o que é?

Você já ouviu falar em bromidrose? Muito provavelmente não, né? Entretanto, você já deve ter escutado o termo “cecê”.

Esta palavra é, por sua vez, popularmente usada para designar o mau cheiro proveniente das axilas.

No entanto, cientificamente, o nome é bromidrose axilar.

Além do mau cheiro debaixo do braço, o odor desagradável também pode acometer os pés e a virilha.

Nesses casos, os termos são, respectivamente, bromidrose plantar e inguinal.

Essa condição, independentemente de onde seja o odor, corresponde à decomposição de suor e restos celulares quando misturados com micro-organismos, como bactérias e fungos.

Mas como todo esse processo acontece?

Bom, nós, humanos, temos dois tipos de glândulas sudoríparas: as écrinas e as apócrinas.

Ambas são responsáveis por excretar o suor produzido em nosso corpo, mas, apesar disso, são bem diferentes.

Isso porque as écrinas estão espalhadas por toda a superfície da pele e liberam apenas o suor, uma solução salina composta por água e sais mineiras.

Este tem função termorreguladora, ou seja, a principal função é regular a temperatura do organismo.

Já as glândulas apócrinas se desenvolvem em determinadas regiões do corpo, como as axilas, partes intimas e couro cabeludo.

Esse tipo de glândula faz com que o suor seja eliminado através dos folículos pilosos.

Sendo dessa maneira, além de água e sais minerais, o suor excretado também contém restos celulares e do metabolismo.

Quando estes entram em contato com bactérias e fungos, especialmente em ambientes úmidos e quentes, surge o mau cheiro.

Embora a bromidrose surja dessa forma, alguns fatores podem influenciar – e muito! – a quantidade de suor produzido tais quais:

  • Má alimentação
  • Abuso de substâncias nocivas (como cigarro) e bebidas alcóolicas
  • Ação de determinados medicamentos
  • Doenças renais e hepáticas
  • Uso de roupas apertadas e com tecidos grossos (como os sintéticos)

Como tratar a bromidrose?

A bromidrose não é uma condição letal, mas, geralmente, costuma atrapalhar bastante a vida de quem a tem.

Isso porque, além do odor desagradável, a pessoa que sofre com essa condição também, infelizmente, ouve piadinhas e comentários insensíveis de outrem.

Não há cura para bromidrose, infelizmente. Mas existem formas de tratamento. Algumas delas são:

  • Aplicar antitranspirantes
  • Utilizar sabonetes antissépticos
  • Optar por cirurgias
  • Usar pomadas que são antibióticas

Tais estratégias podem funcionar para algumas pessoas, mas, infelizmente, não são todas as pessoas que notam uma expressiva melhora.

Diante da frustação e do desespero de diminuir, amenizar e até mesmo parar o mau cheiro, quem sofre com essa condição, geralmente, recorre a alternativas, principalmente, naturais que não costumam gerar prejuízos à saúde.

Um dos exemplos é o chá de abacaxi, mas será que é uma opção válida? Funciona?

Chá de abacaxi

O abacaxi é bem tropical e, por isso, há uma facilidade bem grande e cômoda em encontrarmos ele por aí.

Além disso, essa fruta é bem visada entre as pessoas, pois é composta por açúcares, sais minerais, como cálcio, magnésio, sódio, cobre, iodo e outros, bem como vitaminas do complexo A, B1, B2, C e Niacina.

Devido à isso, há muitas vantagens em consumi-la.

Há também uma forma ainda melhor de aproveitar as propriedades da fruta: o chá.

Isso porque os benefícios do chá de abacaxi correspondem a:

  • Fortalece o sistema imunológico
  • Contribui na digestão
  • Melhora a saúde da pele e da visão
  • Ajuda na prevenção de determinados tipos de câncer
  • Alivia sintomas, principalmente dores, da artrite

No mais, o chá de abacaxi também apresenta efeitos diuréticos e antioxidantes.

Isso faz com que essa bebida contribua, respectivamente, na retenção de líquido e na prevenção do envelhecimento.

Chá de abacaxi é um chá para mau cheiro? Funciona?

O abacaxi, como citamos anteriormente, é capaz de proporcionar muitos benefícios à nossa saúde, mas nenhum deles envolve a redução do mau cheiro nas axilas, na virilha ou nos pés.

No entanto, também sabemos que uma boa alimentação pode reduzir a quantidade de produção do suor e, consequentemente, amenizar o odor desagradável.

Logo, o chá de abacaxi pode ser incorporado em seu dia a dia, mas nada em excesso faz bem, hein?

Então, se consulte com um médico e siga o tratamento da bromidrose prescrito pelo profissional.

Como fazer chá de abacaxi?

O chá de abacaxi é feito, normalmente, utilizando as cascas dessa fruta. A forma mais simples de fazer essa receita é precisando de:

  • Cascas de 1 abacaxi
  • 5 xícaras (chá) de água

Siga o passo a passo:

  • Com o abacaxi limpo e lavado, descasque a fruta e coloque as cascas em uma panela
  • Adicione a água e deixe ferver por cerca de 20 minutos
  • Deixe a panela tampada por 15 minutos
  • Após isso, coloque as cascas no liquidificador com um pouco do chá e bata
  • Coe e jogue dentro do restante do chá
  • O chá de abacaxi está pronto para ser consumido

E aí, o que você achou do nosso post?

Já bebeu chá de abacaxi para mau cheiro? Funcionou?

Alguma dúvida, crítica ou sugestão? Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *