fbpx

Cloridrato de clorexidina para bromidrose

Conviver com a bromidrose está longe de ser uma tarefa fácil.

No verão, esse desafio parece ainda maior por conta do registro das altas temperaturas e sensação térmica.

Dessa maneira, durante essa época do ano, é fundamental redobrar ainda mais os cuidados e usar os produtos ideais amenizar o mau cheiro que caracteriza essa condição.

No entanto, essa também não é uma atividade fácil visto que muitos deles não conseguem amenizar o odor desagradável.

Assim, não é incomum pessoas que sofrem com bromidrose estarem sempre novos artigos e até recorrendo a alternativas que não têm comprovação cientifica.

Nesse caso, é preciso ter ainda mais zelo, pois, além da possibilidade do mau cheiro piorar, há também a questão dessas opções prejudicarem à saúde no geral.

Pensando nisso, hoje, decidimos abordar um produto que muitas pessoas se questionam se, de fato, funciona para a bromidrose: o cloridrato de clorexidina.

Bromidorse X TMAU – Saiba a diferença

O que é bromidrose?

5 pomadas caseiras para eliminar o mau cheiro da bromidrose!

Se você já ouviu os termos “cecê” e “chulé”, então, muito provavelmente sabe o que é bromidrose mesmo sem conhecer tecnicamente o que é essa condição.

Aliás, ambas as palavras citadas são popularmente designadas para se referir aos quadros de bromidrose axilar e bromidrose plantar.

Certo, mas o que, de fato, é isso?

Essa condição é responsável por causar mau cheiro em algumas regiões do corpo.

Geralmente, em áreas como axilas, pés e virilha. Tal odor desagradável aparece justamente por conta da produção e eliminação de suor pelas glândulas apócrinas.

Glândulas o quê? Calma, se ficou confuso para você, explicaremos.

No corpo humano, existe dois tipos de glândulas sudoríparas: as écrinas e as apócrinas.

As écrinas estão presentes em toda a superfície da derme (pele) e têm função termorreguladora.

Dessa maneira, funcionam liberando uma solução salina formada por água e sais minerais, conhecida como suor.

ste, por sua vez, é inodoro, ou seja, não exala nenhum tipo de cheiro.

As glândulas apócrinas são bem diferentes. Elas desenvolvem-se apenas em algumas regiões do corpo, como axilas, área genital e couro cabeludo.

No caso delas, o suor é eliminado por meio dos folículos pilosos.

Sendo assim, além do suor, formado por água e sais minerais, restos celulares, como queratina, e do metabolismo também são liberados.

Quando esses componentes se misturam com bactérias e fungos, especialmente em ambientes úmidos e quentes, surge o mau cheiro.

Esse processo é chamado de bromidrose. Embora esta condição aconteça por ação de micro-organismos, o odor desagradável pode ser influenciado por alguns fatores.

Os principais são:

  • Tabagismo
  • Consumo de bebidas alcóolicas
  • Má alimentação
  • Uso de medicamentos
  • Ação de determinados hormônios

Como combater o mau cheiro da virilha?

O que pode ser feito para amenizar o mau cheiro?

Como a principal causa do aparecimento do mau cheiro da bromidrose é a ação das bactérias, para tratar essa condição, o ideal é diminuir a disseminação delas.

Dessa maneira, algumas medidas são importantíssimas para tal feito:

  • Usar antitranspirantes
  • Não repetir roupas e meias durante vários dias
  • Não usar roupas apertadas e com tecidos grossos
  • Utilizar sabonetes antissépticos ou anti-bacterianos

Para que serve cloridrato de clorexidina?

Lista de desodorantes para bromidrose 2021

Também chamado de digluconato de clorexidina ou gluconato de clorexidina, o cloridrato de clorexidina é um medicamento com propriedade antimicrobiana.

Dessa maneira, ele é capaz de controlar a proliferação de bactérias tanto na pele quanto nas mucosas.

Por isso, é usado como antisséptico para desinfetar mãos para cirurgias e para tratar feridas na pele e, assim, evitar possíveis infecções.

Assim como qualquer remédio, o antisséptico clorexidina pode causar efeitos colaterais. No entanto, estes são muito raros.

O que deve-se ficar atento é na suspensão do uso caso tenha alguma hipersensibilidade de algum composto da fórmula.

Cloridrato de clorexidina funciona para bromidrose?

Como vimos anteriormente, o sinônimo de controle da bromidrose perpassa pelo controle da proliferação de bactérias.

Sendo assim, produtos antissépticos são muito bem-vindos. Justamente por isso, muitas pessoas utilizam o antisséptico spray em questão.

No entanto, embora pareça eficaz, por conta dessa propriedade antibacteriana, o produto não é próprio para uso próprio.

Além do mais, o uso dessa substância pode até resolver por um tempo, mas há também a possibilidade de piorar ainda mais o mau cheiro.

Isso porque o uso contínuo pode causar resistência nas bactérias.

Infelizmente, não há uma fórmula mágica e nem um padrão de como amenizar o odor desagradável ou tratar a bromidrose.

Sendo assim, o ideal é procurar produtos que se adequem a essa condição e, claro, que não promovam nenhum tipo de prejuízo à você ou a sua saúde.

Por isso, antes de experimentar o antisséptico tópico cloridrato de clorexidina, procure um médico.

Esse sim poderá te indicar o melhor caminho para tratar a bromidrose, pois, em casos graves, há também a possibilidade da realização de cirurgias.

Desodorante de cristal é bom? Funciona para bromidrose (mau cheiro)?

E aí, gostou do nosso artigo?

Você já usou o antisséptico clorexidina para bromidrose?

Se sim, sentiu que amenizou o cheiro?

Conta pra gente sua experiência!

Alguma dúvida, crítica ou sugestão? Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *