fbpx

Como tratar mau cheiro na virilha

Diariamente, estamos expostos a situações que podem nos deixar suados e, consequentemente, com um mau cheiro.

Porém, quando esse odor é bem forte e desagradável, pode ser sinal de bromidrose.

Conhecido como chulé e cecê, o odor pode acometer, respectivamente, os pés e axilas.

Além dessas regiões, existe também o mau cheiro nas partes íntimas.

Nesse caso, talvez a situação se torne ainda mais embaraçosa, principalmente com roupas de banho, como biquínis e sungas, ou em momentos mais íntimos com outra pessoa.

Muito confundida com falta de higiene, a bromidrose está longe de ser falta de asseio.

Logo, você que sofre com essa condição não se sinta culpado: você não tem culpa nenhuma.

Sabendo da angústia que é, hoje, decidimos abordar mais um pouco sobre esse assunto: como tirar mau cheiro da virilha? Vamos lá?

Como combater o bullying por causa do mau cheiro

Mau cheiro na virilha: o que pode ser?

Desodorante de cristal é bom? Funciona para bromidrose (mau cheiro)?

A principal característica da bromidrose é o mau cheiro.

Este, por sua vez, surge devido à produção de suor pelas glândulas apócrinas, que ficam mais concentradas nas axilas, nas plantas dos pés e na virilha.

Com a umidade, essas regiões ficam favoráveis ao aparecimento de micro-organismos, como bactérias e fungos, que causam odor desagradável.

Entretanto, alguns fatores podem influenciar – e muito! – o aumento do suor. Estes são:

Roupas apertadas e tecidos grossos

Tanto roupas apertadas quanto as que têm tecidos grossos influenciam diretamente na questão do mau cheiro.

Isso acontece porque elas abafam as áreas, como axilas e virilha, e há maior produção de suor nessas regiões.

Com isso, há maior aparecimento de bactérias causadoras do odor desagradável.

Pelos

Há quem diga que não, mas os pelos impactam na questão do odor desagradável.

Por isso, há quem ache que raspando todos eles, o mau cheiro não surgirá.

Porém não é assim, e sabe por quê?

Porque, assim como as roupas apertadas e com tecidos grossos, os pelos não são os causadores pelo odor desagradável.

O que acontece é que, com a presença deles, para evitar o atrito da pele, o organismo pode aumentar a produção de suor.

Dessa forma, os micro-organismos se instalam com mais facilidade.

Bebidas alcoólicas

Socialmente ou não, as bebidas alcoólicas fazem parte da vida de muitas pessoas.

E, mesmo muita gente não sabendo, elas também são contribuintes na questão do cheiro.

Pode reparar, no dia seguinte pós uma bebedeira, é normal você sentir um mau odor. E isso tem motivo.

Para o nosso organismo, o álcool utilizado nas bebidas, independente da dosagem, é identificado como uma toxina.

Quando ele é acumulado, é liberado pelos poros do corpo.

Como ele vai direto para o nosso sangue, para eliminar de vez essa substância, nós transpiramos.

Esquecer da higiene pessoal ou fazer de forma incorreta

No dia a dia, nós ficamos expostos à muitos agentes, como poluição, que fazem com que entremos em contato com impurezas e bactérias.

Além disso, na rua, tendemos a nos movimentar ainda mais.

Para regular a nossa temperatura, o nosso corpo produz mais suor.

Sendo assim, áreas como, axilas e virilha, que ficam mais abafadas, ficam ainda mais úmidas.

Isso faz com que aumente o aparecimento a proliferação de bactérias.

Por isso, todo mundo precisa manter uma rotina de cuidados e de higiene pessoal diária.

Quem tem bromidrose, isso é ainda mais valioso.

Quando não fazemos essa limpeza ou fazemos de forma incorreta, essas regiões continuam com os micro-organismos que causam mau cheiro.

Má alimentação

Sabe aquela expressão “você é o que você come”?. Então, serve para todo mundo, principalmente para quem tem bromidrose.

Provavelmente, a maior parte das pessoas saiba que a alimentação influencia no odor corporal.

E, talvez, a primeira coisa que passe na cabeça delas é o hálito.

Porém, alimentos também influenciam diretamente na transpiração. Alguns deles são:

  • Leites e derivados
  • Carnes em excesso
  • Temperos e vegetais ricos em enxofre como alho e cebola

5 desodorantes para peles sensíveis

Como tratar mau cheiro na virilha?

Quem sofre com bromidrose, sempre tem alguns questionamentos importantes: como tratar mau cheiro na virilha? E nas axilas? E nos pés?

A questão é que o melhor remédio para mau cheiro na virilha e a melhor forma de evitar odor desagradável nessa região e em outras partes do corpo é controlar o suor.

Para isso, você pode e deve apostar em hábitos saudáveis diariamente como:

  • Se alimentar melhor: comer mais frutas, vegetais e alimentos ricos em clorofila (couve e espinafre)
  • Beber mais água: todo mundo deve consumir, pelo menos, dois litros de água no dia a dia
  • Usar desodorantes antitranspirantes: sabemos que a virilha é um local mais sensível e íntimo. Para tirar o mau cheiro da virilha, é necessário usar antitranspirantes próprios para tal. Uma ótima alternativa é o Odaban
  • Evitar roupas com tecidos grossos e muito apertadas: aposte em peças mais leves e com tecidos que mantenham a umidade longe, como algodão e outros tecidos absorventes
  • Use sabonetes antissépticos
  • Mantenha a higiene pessoal em dia: as regiões afetadas devem ser lavadas com água e sabão

Cirurgia para bromidrose: como é? Vale a pena?

E aí, gostou do nosso artigo?

Você conhece outro jeito de tratar o mau cheiro da virilha?

Conta pra gente!

Alguma dúvida, crítica ou sugestão? Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *