fbpx

Estudo conclui que obesidade e mau hálito andam juntas

O mau hálito, também chamado de halitose atormenta a humanidade há milênios, no entanto recentemente um estudo realizado pelos pesquisadores da Universidade de Tel Aviv, em Isarel, identificou uma ligação entre a obesidade e o mau hálito.

Infelizmente sabemos que pessoas que estão acima do seu peso ideal tendem a desenvolver certos tipos de doenças como diabetes, problemas cardíacos e até hipertensão, que acabam precisando ser tratadas (controladas) por medicamentos.

Do qual alguns desses medicamentos tem como um efeito colateral a diminuição da produção de saliva, o que acaba resultando consequentemente também para a diminuição da auto limpeza bucal.

Mas não são apenas as doenças e medicamentos que contribuem com o desenvolvimento da halitose na vida de quem tem sobrepeso.

Hábitos diários como comer depressa e sem mastigar direito os alimentos também auxilia.

O estudo realizado pelos pesquisadores chegaram a essa conclusão, depois de ter analisado durante um período de tempo cerca de 88 pessoas de diferentes idades, pesos e altura, dos quais foram submetidos a realizar testes que avaliasse o odor de suas respirações e respondesse ao um questionário referente sobre suas condições de saúde e os hábitos praticados.

A conclusão do estudo da Universidade de Tel Aviv apontou que quanto maior o peso, mais propensa a pessoa está para desenvolver ou até mesmo piorar a halitose.

Ainda segundo o professor Rosenberg, infelizmente não é possível uma própria pessoa verificar o cheiro de seu hálito, inclusive das 88 pessoas que participaram do estudo 9 delas desconheciam e negavam ter mau hálito.

Devido a tudo que foi citado até o presente momento, pessoas que estão acima do peso devem redobrar os cuidados para controlar e até mesmo reduzir a microbiota bucal.

Abaixo listei alguns cuidados para manter uma boa saúde bucal

 Escova de dente

Escolher a escova certa é fundamental para garantir uma boa escovação dos dentes e conseguir realizar a limpeza bucal da maneira correta, por isso ao comprar uma escova de dente opte sempre pelas que tem as cerdas mais macias para poder realizar uma boa escovação sem desgastar os dentes.

É de suma importância que ao comer qualquer alimento, você escove os dentes em seguida para evitar o acúmulo de bactérias causadores de problemas bucais como carie, gengivite e mau hálito.

Escove os dentes antes de dormir

Sabemos que as vezes deitamos sem escovar os dentes e acabamos deixando para lá, se você faz muito isso , pare imediatamente! Escovar os dentes antes de dormir é fundamental, uma vez que dormindo o nosso organismo diminui a produção de saliva do qual acaba resultando em uma maior proliferação de bactérias, cujo auxiliam para uma halitose.

Escove a língua

Muitas pessoas não sabe, mas a língua precisa ser escovada sempre, uma vez que ela é um ótimo local para as bactérias se alojarem e multiplicarem.

Reveja o que anda comendo

Todo e qualquer alimento tende a influenciar o odor que o nosso corpo ira exalar inclusive aqui estão 18 alimentos que causam mau odor, principalmente no hálito, então evite comer certos tipos de alimentos como:

Repolho e couve, por eles serem ricos em enxofre, se não forem metabolizados corretamente eles tende a produzir uma fermentação bacteriana.

Ingestão de bebidas alcoólicas

Devido conseguir alterar a flora intestinal, desidratando o organismo, a ingestão de bebidas alcoólicas faz com que aumente a descamação de células mucosas bucal o que acaba contribuindo para uma formação da saburra lingual cujo acaba servindo de alimento para as bactérias que estão na cavidade bucal.

Alimentos de proteína animal

Carne vermelha, leite e derivados podem contribuir para uma formação de muco acentuada pelo organismo, por exemplo, a saliva fica mais grossa e pode “grudar ” mais placa bacteriana na língua – conhecida como saburra lingual), esses alimentos contribuem para que ocorra um pH alcalino, onde se desenvolvem as bactérias formadores de maus odores.

Seguindo essas dicas e até fazendo uma ingestão da vitamina B2 ou até mesmo usar um desodorante interno, você conseguira controlar ou até mesmo reduzir  o mau hálito.

 

 

Alguma dúvida, crítica ou sugestão? Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *