fbpx

Óleo de melaleuca para mau cheiro nas axilas (bromidrose) funciona?

Saiba tudo sobre o óleo de melaleuca e como usar!

A natureza contém diversos produtos que nos ajudam no tratamento de diversas doenças e condições.

Diversas soluções podem ajudar em nosso cotidiano!

Se você gosta de procurar soluções naturais para o seu problema, vai gostar de conhecer o óleo de melaleuca!

Fizemos esse artigo para te contar tudo sobre o uso do óleo de melaleuca para mau cheiro nas axilas.

Leia até o final para saber o que é e como usar esse produto natural!

O que é o óleo de melaleuca?

O óleo de melaleuca é um produto natural muito benéfico para a saúde por diversos motivos. Ele é extraído da planta que recebe mesmo nome.

Outros nomes comuns para a melaleuca são árvore do chá ou tea tree. Suas propriedades medicinais são comprovadas por estudos científicos.

O óleo de melaleuca é muito usado na medicina popular. Desde a antiguidade, ele é explorado para beneficiar diversos pacientes.

Esse produto pode ser encontrado com facilidade em lojas de produtos naturais e em farmácias de manipulação.

O uso de óleo de melaleuca deve ser tópico. A ingestão pode ter consequências para o organismo, como veremos mais à frente.

Para que serve óleo de melaleuca

O óleo de melaleuca tem diversos usos, como já falamos anteriormente. Suas propriedades medicinais são reconhecidas e muito exploradas.

Assim, existem diversos usos associados ao óleo.

Suas principais propriedades são antissépticas, antifúngicas, germicidas, parasiticidas e antiinflamatórias.

Com elas, o óleo de melaleuca para pele traz muitos benefícios. Entre eles, encontramos:

  • Desinfetante de feridas.
  • Melhora a acne.
  • Trata fungos nas unhas.
  • Elimina a caspa em excesso.
  • Age como repelente.
  • Trata pé de atleta.
  • Previne o mau hálito.
  • Ajuda no tratamento de infecções genitais.

Além desses, muitos outros benefícios estão associados ao uso externo do óleo de melaleuca.

Efeitos colaterais do óleo de melaleuca

O óleo de melaleuca para pele deve ser de uso tópico.

Apesar disso, por causa das suas propriedades medicinais, algumas pessoas pensam que devem ingerir.

Tal como qualquer outro produto, seja natural ou não, o óleo de melaleuca também possui efeitos colaterais.

Se for ingerido, o óleo de melaleuca pode causar intoxicação.

Assim, o paciente pode apresentar náuseas, reações gastrointestinais e precisar ir ao pronto-socorro.

Além disso, o óleo de melaleuca pode causar confusão, dificuldade de controle muscular ou de movimentação.

Por fim, ele pode causar também a perda ou a redução da consciência.

Quando usado da forma correta, ou seja, de forma tópica, o óleo de melaleuca para pele pode causar reações alérgicas.

Além disso, outros sintomas podem aparecer:

  • Inchaço.
  • Vermelhidão.
  • Coceira.
  • Irritação.
  • Secura na pele.

Assim, caso apresente qualquer reação, o ideal é interromper o uso e lavar a região com água em abundância.

Vale lembrar que, por ser um produto forte, o óleo de melaleuca deve sempre ser diluído em outros produtos.

Quanto maior a quantidade aplicada, maiores as chances de haver reação.

Outra dica interessante é a compra de produtos que já tenham o óleo de melaleuca diluído. Algumas lojas veganas vendem essas opções!

Óleo de melaleuca para mau cheiro nas axilas

O óleo de melaleuca pode ser usado também para tratar a Bromidrose!

Por isso, ele é cada vez mais procurado por quem sofre com esse distúrbio!

O óleo de melaleuca para mau cheiro nas axilas é uma receita popular e natural muito comum e simples.

Por conta de todas as suas propriedades medicinais, ele é muito benéfico.

As propriedades servem não apenas para conter o mau cheiro, como também para combater as bactérias que causam.

Como usar óleo de melaleuca

Quem sofre com a bromidrose logo sente curiosidade no uso do óleo de melaleuca para pele.

Afinal, já vimos que o uso incorreto pode causar consequências para o organismo.

Existem diversas formas de uso do óleo de melaleuca para pele.

Uma receita que pode ajudar quem sofre com bromidrose é o desodorante vegano!

Separamos a receita para você aprender como fazer em casa! Confira como preparar:

Ingredientes

  • 40 mL de óleo de coco ou palmiste.
  • 1 colher (café) de bicabornato de sódio.
  • 2 colheres (café) de farinha de araruta.
  • 8 gotas de óleo essencial de lavanda.
  • 5 gotas de óleo de melaleuca para pele.
  • Frasco para guardar o produto.

Modo de preparo

  1. Derreta o óleo de coco ou palmiste em banho-maria.
  2. Coloque o óleo de coco no frasco.
  3. Adicione a farinha e o bicarbonato.
  4. Mexa até obter uma mistura homogênea.
  5. Adicione os óleos.
  6. Tampe o frasco.
  7. Agite por 30 segundos.
  8. Deixe o frasco descansando em uma superfície lisa por alguns segundos.

Modo de uso

  1. Com os dedos, aplique o desodorante de óleo de melaleuca para pele nas axilas.
  2. Guarde o pote longe do calor e da luz.
  3. Aplique sempre que sentir necessidade.

Gostou de aprender tudo sobre o óleo de melaleuca? Aqui no site Bromidrose temos muitas outras informações relevantes sobre a condição.

Temos uma lista com os melhores sabonetes contra o mau cheiro! Se quiser saber quais são, basta clicar aqui!

Você já conhecia o óleo de melaleuca? O que você acha sobre ele? Conta aqui nos comentários!

 

Alguma dúvida, crítica ou sugestão? Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *