fbpx

Progesterona causa mau cheiro (bromidrose)?

O organismo humano é conhecido por ser uma “máquina perfeita”. Isso porque ele é formado por complexos sistemas que atuam de forma conjunta.

Além deles e dos órgãos, também temos glândulas que produzem os hormônios.

Estes, por sua vez, são substâncias químicas que atuam para o melhor funcionamento do organismo.

No entanto, cada hormônio apresenta uma função específica e isso depende, principalmente, de onde foi fabricado.

Um dos hormônios que são produzidos em nosso corpo é a progesterona. Apesar de estar em maior quantidade no organismo das mulheres, tal substância também está presente no masculino e pouca gente sabe desse fato.

Infelizmente, aqui no Brasil, nós temos um tabu grande para falar sobre sexualidade. Então, muitas pessoas têm dúvidas em relação às funções de hormônios.

Por exemplo, alguns questionamentos são: o que a progesterona faz no corpo? Ela pode causar mau cheiro?

Sabendo disso, hoje, decidimos abordar mais esse assunto e, claro, explicar a possível relação desse hormônio com a bromidrose. Vamos lá?

Para que serve progesterona?

Como citamos anteriormente, a progesterona é um hormônio que é produzido pelos ovários que, por sua vez, são duas glândulas presentes no sistema reprodutor feminino.

Como qualquer outro hormônio, a progesterona tem funções específicas.

No caso, essa substância é responsável por regular o ciclo menstrual da mulher e por preparar o endométrio, sendo este um revestimento interno do útero, para a gravidez.

Dessa maneira, a progesterona na gravidez permite que o útero tenha condições ideais e receptivas para que a gestação continue e se desenvolva da melhor forma possível.

Geralmente, a progesterona alta acontece após o período de ovulação da mulher.

Caso a gravidez seja uma realidade, os níveis desse hormônio continuam elevados para que as paredes do útero se mantenham em desenvolvimento e para que não ocorra um aborto.

Quando as taxas dessa substância estão apresentando grande quantidade, o organismo manda sinais para que nós percebemos. Os principais sintomas da progesterona alta correspondem a:

  • Inchaço causado, principalmente, pela retenção de líquidos
  • Diminuição da libido e, com isso, pode haver mais dificuldade ao chegar no orgasmo durante a relação sexual
  • Dor nas mamas
  • Baixa energia e indisposição
  • Fadiga
  • Ressecamento vaginal

Entretanto, caso não exista gravidez, os ovários deixam de produzir a substância em questão, a progesterona.

Dessa maneira, o útero não é preparado para a gestação e o revestimento desse órgão é eliminado, de forma natural, por meio da menstruação.

Agora, se uma mulher está com dificuldade para engravidar é porque pode ser sinal que ela esteja apresentando níveis baixos de progesterona. Se ela está grávida, isso pode gerar uma gravidez ectópica ou aborto.

Para além disso, é preciso ficar atenta se a progesterona alta é real em uma mulher que não tenha fecundado.

Isso porque pode ser sinal de problemas, como cistos de ovário ou nas glândulas supra-renais.

O que é bromidrose?

Muito provavelmente você já conheceu alguém – ou até mesmo você! – sofre com um mau cheiro forte e persistente, né? Para a maioria das pessoas, basta tomar um banho.

No entanto, essa não é a realidade para quem sofre com a bromidrose.

Isso porque tal condição está longe de ser mal higiene já que esse problema acontece devido o contato de micro-organismos, como fungos e bactérias, com o suor eliminado.

Calma! Caso achou confuso, não tem problema, pois explicaremos de forma mais detalhada.

Para isso, é importante você saber que nós, seres humanos, temos duas glândulas sudoríparas: as écrinas e apócrinas.  Ambos são bem diferentes e vamos explicar o porquê:

As écrinas estão localizadas por toda a superfície da pele. Estas são responsáveis por eliminar o suor, uma solução salina composta por água e sais minerais, que tem função termorreguladora, ou seja, regula a temperatura do corpo humano. Dessa maneira, não apresenta cheiro.

Já, a presença das glândulas apócrinas está restrita a determinadas partes do corpo, sendo as axilas, mãos, pés e virilhas mais comuns. Elas são responsáveis por eliminar o suor por meio dos folículos pilosos.

Sendo assim, além de água e sais minerais, restos de metabolismo e celulares também são eliminados.

Quando bactérias e fungos se encontram com o suor e esses restos, principalmente em ambientes úmidos e quentes, surge o mau cheiro. Essa decomposição é a bromidrose.

Progesterona causa mau cheiro?

Como citamos anteriormente, o mau cheiro característico da bromidrose acontece por meio do contato do suor eliminado com bactérias.

No entanto, alguns fatores podem ser determinantes para o aumento da transpiração.

Alguns deles são:

  • Consumo de bebidas alcóolicas
  • Abuso de substâncias nocivas como cigarro
  • A utilização de roupas apertadas e com tecidos grossos como os sintéticos
  • Uso de determinados medicamentos
  • Doenças renais e hepáticas
  • Ação de alguns hormônios

Dessa maneira, a progesterona alta pode ser uma das causadoras do mau cheiro. Para evitar isso, é importante a consulta e o acompanhamento com um médico.

Assim, você pode começar o tratamento ideal para o seu caso.

E aí, gostou do nosso artigo?

Você sabia que hormônios podem causar mau cheiro?

Alguma dúvida, crítica ou sugestão? Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *