Bromidrose

Dicas e tratamentos para combater o mau cheiro

Tratamento cirúrgico para bromidrose

Facebook
WhatsApp
Twitter

Descubra tudo sobre a cirurgia para bromidrose!

A bromidrose afeta a vida de muitas pessoas. Embora o nome seja pouco conhecido e diagnosticado, o problema está presente em quase todas as famílias.

Existem diversos produtos e opções de tratamento para bromidrose, mas elas nem sempre dão certo. Nessa hora, a pouco conhecida cirurgia pode ser a solução para o problema!

Vamos te contar tudo sobre os estudos relacionados à cirurgia para bromidrose e falar mais sobre essa opção! Leia até o final para descobrir os principais detalhes!

O que é bromidrose?

Bromidrose é uma condição comum, mas pouco diagnosticada. Ela também pode ser chamada pelos nomes populares de “cece” e “chulé” e caracteriza-se pelo mau cheiro.

A bromidrose pode surgir em qualquer idade, mas costuma se manifestar na adolescência. Ela ocorre devido à proliferação das bactérias e microorganismos no suor humano.

O mau cheiro pode surgir em qualquer parte do corpo e costuma causar muito constrangimento aos portadores. Ele acontece mesmo com higiene adequada.

A bromidrose pode ser causada por muitos motivos diferentes. Entre eles, encontramos:

  • Secreção pelas glândulas apócrinas.
  • Doenças metabólicas.
  • Consumo de alguns alimentos, como alho, cebola ou pimenta.
  • Uso de drogas ou materiais tóxicos.
  • Hiperidrose.

Como já falamos, existe uma ampla variedade de produtos acessíveis para o tratamento. Um exemplo é o desodorante Certain Dri, lançado recentemente.

Infelizmente, nem todos os casos são resolvidos facilmente. O desafio pode ser ainda maior para as pessoas com suor excessivo.

Então, algumas pessoas decidem se arriscar e recorrer à cirurgia para bromidrose. Será que essa é uma boa ideia?

O que é a cirurgia para bromidrose?

A cirurgia para bromidrose representa a última forma de tratamento disponível atualmente. Ela pode assustar muitos pacientes por ser uma novidade e ainda é alvo de estudos.

O objetivo da cirurgia para bromidrose é a redução das secreções e do número de glândulas apócrinas.

Assim, o problema é resolvido a partir da raiz e a qualidade de vida do paciente melhora consideravelmente!

Por ser um método ainda em estudos, a cirurgia para bromidrose ainda é limitada aos casos mais drásticos.

O tratamento cirúrgico para bromidrose é indicado tanto para homens, quanto para mulheres. Ainda assim, dados do estudo apontam que pacientes femininas buscam mais ativamente.

Como é feita a cirurgia para bromidrose?

A cirurgia para bromidrose pode ser feita de duas formas diferentes:

  1. Lipoaspiração.
  2. Combinação de lipoaspiração com excisão completa do tecido.

No primeiro caso, a técnica cirúrgica para bromidrose é mais simples e menos traumática. Apesar disso, é a menos efetiva, com apenas 60% de taxa de sucesso.

Ou seja, 40% dos pacientes voltam a enfrentar a bromidrose após algum tempo.

No segundo caso, a taxa de sucesso sobe para 90%. Apesar disso, essa técnica cirúrgica para bromidrose é mais invasiva e traumática para o paciente.

Na cirurgia para bromidrose combinada, é feita a aspiração do conteúdo glandular. Depois, toda a pele e o tecido subcutâneo da região são removidos.

O paciente fica em observação e durante a recuperação deve usar antibióticos e analgésicos sob indicação médica.

O tratamento cirúrgico para bromidrose é seguro?

A questão que mais surge na mente dos pacientes que tem bromidrose está relacionada à segurança da cirurgia.

O tratamento cirúrgico para bromidrose é considerado como seguro. De acordo com estudo publicado na Revista Brasileira de Cirurgia Plástica, tem baixos índices de complicações.

A segurança do tratamento cirúrgico para bromidrose é a mesma relacionada a qualquer outra cirurgia simples.

Outro aspecto que a torna mais segura é o fato de que a anestesia usada é local somada à sedação. Ou seja, não há nenhum dos riscos associados à anestesia geral.

Ainda assim, todos os pacientes de tratamentos cirúrgicos estão expostos aos riscos das complicações.

Os pacientes ficam satisfeitos após a cirurgia para bromidrose?

Quando o assunto é satisfação, a resposta para a pergunta sobre o tratamento cirúrgico para bromidrose é positiva!

Afinal, se feita de forma combinada, a taxa de sucesso é de 90% e não há recorrência da condição. Uma vez feita a cirurgia, o paciente costuma ficar livre do mau cheiro.

O estudo publicado na Revista Brasileira de Cirurgia Plástica também relata o alto nível de satisfação dos pacientes.

Os pacientes que fizeram parte do estudo foram acompanhados por seis meses após a cirurgia. Mesmo aqueles que apresentaram complicações mostraram-se satisfeitos.

Quais são as complicações da cirurgia para bromidrose?

Então, é importante conhecer também as complicações da cirurgia para bromidrose. Os pacientes estão sujeitos às mesmas de qualquer cirurgia simples.

Entre as complicações da cirurgia para bromidrose, temos:

  • Necrose da pele.
  • Deiscência. Ou seja, abertura dos pontos.
  • Hematomas.
  • Formação de queloide.
  • Infecção.

Outras formas de tratamento para bromidrose

Como o tratamento cirúrgico para bromidrose é uma opção um tanto quanto invasiva, o ideal é tentar outras opções antes.

Existem diversos produtos disponíveis para tratar bromidrose, que são efetivos em grande parte dos casos.

A loja Sem Suar oferece diversas opções de desodorantes e outros produtos efetivos no combate à bromidrose!

Além de poder parcelar suas compras em até 12 vezes, você também recebe seus produtos em qualquer lugar do Brasil!

 

 

Essas informações sobre o tratamento cirúrgico para bromidrose foram úteis? Aqui no site contamos tudo a respeito desse problema tão comum!

Fizemos um artigo contando como acabar com o mau cheiro na virilha! Clique aqui para conferir e saber o que fazer a respeito!

Você faria tratamento cirúrgico para bromidrose? O que achou dessa ideia? Conta a sua opinião e sua experiência nos comentários!

Alguma dúvida, crítica ou sugestão? Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Posts Recentes